WorldCat Identities

Souza, Silvana

Overview
Works: 2 works in 2 publications in 1 language and 2 library holdings
Publication Timeline
.
Most widely held works by Silvana Souza
Frequencia dos anticorpos antifosfolipides (aFL) em portadores de lupus eritematoso sistemico (LES) no Estado da Bahia by Ana Cecilia Travassos( )

1 edition published in 2000 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

Objetivo: Estudar a prevalencia dos anticorpos antifosfolipides e sua associacao com complicacoes tromboticas em diferentes grupos raciais da Bahia. Metodos: Foram estudados 102 pacientes com diagnostico de lupus eritematoso sistemico (LES) acompanhados ambulatoriamente. Dos 102 pacientes estudados, 17 eram da raca negra, 24 da raca branca e 61 eram mulatos. Cada paciente foi submetido a avaliacao clinica e laboratorial, esta consistindo de exames gerais e especiais para deteccao de anticorpos antifosfolipides: anticoagulante lupico (testes de coagulacao), anticardiolipina e anti-VDRL (ELISA). Resultados: Tromboses foram observadas em 5,9 por cento dos pacientes, plaquetopenia em 8,8 por cento e abortamento em 12,5 por cento. A presenca de uma ou mais dessas manifestacoes foi observada em 20,6 por cento (21/102) dos pacientes, sendo vista em 23,5 por cento dos negros, 20 por cento dos brancos e 19,7 por cento dos mulatos (p=0,9). Anticorpos antifosfolipides foram detectados em 24,5 por cento dos casos (25/102). Analisando-se cada raca separadamente, observou-se uma frequencia de 5,9 por cento de positividade na raca negra (1/17), 16,7 por cento na raca branca (4/24) e 32,8 por cento em mulatos (20/61), sendo essa diferenca estatisticamente significante (p<0,05). Nao se demonstrou uma associacao entre a positividade desses anticorpos e a presenca de complicacoes clinicas (p=0,5) quando todo o grupo foi analisado, porem houve associacao entre a presenca de tromboses e anticoagulante lupico nos mulatos (p=0,02), mas o pequeno numero de pacientes incluidos nessa analise exige cautela na interpretacao desses resultados. Do mesmo modo, nao se pode excluir a possibilidade de que a nao associacao entre morbidade gestacional e a presenca desses anticorpos possa ser decorrente da limitacao do desenho do estudo. Conclusoes: a)A prevalencia de anticorpos antifosfolipides pode variar com a raca. b) Analisando o grupo de portadores de LES como um todo, nao se observou a associacao da presenca de anticorpos antifosfolipides com complicacoes tromboticas, abortamento e plaquetopenia(AU)
Anticorpos anti-B2 glicoproteina I em pacientes com lupus eritematoso sistemico by Mittermayer Santiago( )

1 edition published in 2000 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

Objetivos: Estudar a frequencia de anticorpos contra B2 glicoproteina I (B2 GP I) em soros de pacientes com lupus eritematoso sistemico (LES) e pesquisar a sua associacao com complicacoes tromboticas e obstetricas. Metodos: Foram estudados 152 pacientes com diagnostico de LES, sendo 147 do sexo feminino e cinco do masculino e com idade media de 33 mais ou menos 12 anos. Especial enfase foi dada a presenca de tromboses e morbidade obstetrica. B2 GP I foi purificada por cromatografia de afinidade em coluna de heparina. Foi realizada pesquisa de anticorpos IgG anti-B2 GP I e anticardiolipina utilizando-se a tecninca de ELISA. Resultados: Complicacoes tromboticas ou obstetricas foram observadas em 34/152 pacientes (22 por cento). Anticorpos anticardiolipina em niveis moderados ou altos foram detectados em 55/152 pacientes (36 por cento) e anti-B2 GP I em 36/152 pacientes (24 por cento). A presenca desses anticorpos nao foi associada a maior frequencia de trombose arterial ou venosa ou complicacoes obstetricas. Conclusoes: No presente estudo demonstrou-se que anticorpos anti-B2 GPI em LES nao parecem ser marcadores de complicacoes tromboticas ou obstetricas(AU)
 
Audience Level
0
Audience Level
1
  Kids General Special  
Audience level: 1.00 (from 1.00 for Frequencia ... to 1.00 for Frequencia ...)

Languages