skip to content
Adenoma pleomórfico de parótida: aspectos clínicos, diagnósticos e terapêuticos Preview this item
ClosePreview this item
Checking...

Adenoma pleomórfico de parótida: aspectos clínicos, diagnósticos e terapêuticos

Author: Tiago, Romualdo Suzano Louzeiro; Castro, Gilson Araújo; Ricardo, Luiz Artur da Costa; Bühler, Rogério Borghi; Fava, Antônio Sérgio
Edition/Format:   Downloadable article : PortugueseView all editions and formats
Publication:Revista Brasileira de Otorrinolaringologia, 2003
Database:WorldCat
Summary:
As neoplasias da glândula parótida constituem um grupo heterogêneo com mais de 30 tipos histológicos definidos, sendo o adenoma pleomórfico o tumor benigno mais comum. OBJETIVO: Neste trabalho apresentamos uma casuística de adenoma pleomórfico de glândula parótida, com o objetivo de discutir a apresentação clínica, o diagnóstico e as técnicas cirúrgicas mais adequadas no tratamento desta doença.  Read more...
Rating:

(not yet rated) 0 with reviews - Be the first.

Subjects
More like this

 

Find a copy online

Links to this item

Find a copy in the library

&AllPage.SpinnerRetrieving; Finding libraries that hold this item...

Details

Genre/Form: Journal article
Material Type: Internet resource
Document Type: Internet Resource, Article
All Authors / Contributors: Tiago, Romualdo Suzano Louzeiro; Castro, Gilson Araújo; Ricardo, Luiz Artur da Costa; Bühler, Rogério Borghi; Fava, Antônio Sérgio
ISSN:0034-7299
OCLC Number: 57118105

Abstract:

As neoplasias da glândula parótida constituem um grupo heterogêneo com mais de 30 tipos histológicos definidos, sendo o adenoma pleomórfico o tumor benigno mais comum. OBJETIVO: Neste trabalho apresentamos uma casuística de adenoma pleomórfico de glândula parótida, com o objetivo de discutir a apresentação clínica, o diagnóstico e as técnicas cirúrgicas mais adequadas no tratamento desta doença. MATERIAL E MÉTODO: Foi realizado estudo clínico retrospectivo de um grupo de 68 pacientes com diagnóstico histopatológico de adenoma pleomórfico de glândula parótida, operados no Serviço de Otorrinolaringologia do HSPE-FMO, de janeiro de 1982 a junho de 2002. Foram colhidos os dados referentes a idade, sexo, sintomas mais freqüentes, exames complementares, localização, tamanho, técnica cirúrgica empregada, complicações do tratamento e evolução. RESULTADOS: Nesta casuística observamos maior incidência no sexo feminino, e mais freqüente na 5a. década de vida. A apresentação clínica mais comum foi nódulo na região parotídea, sendo este sinal presente em 100% dos casos. A parotidectomia superficial com identificação e preservação do nervo facial foi a cirurgia mais realizada (91,2% dos casos). As complicações pós-operatórias mais freqüentes foram paresia (14,7%) e paralisia (7,3%) do nervo facial, seguida da síndrome de Frey (4,4%). CONCLUSÃO: O adenoma pleomórfico é a neoplasia benigna mais comum na glândula parótida, sendo mais freqüente no sexo feminino, a partir da 5a. década de vida. É uma neoplasia de diagnóstico clínico, com confirmação a partir do exame histopatológico. A parotidectomia superficial é procedimento mínimo para o diagnóstico e terapêutica, sendo baixa a taxa de recidiva com esta cirurgia.

Reviews

User-contributed reviews
Retrieving GoodReads reviews...
Retrieving DOGObooks reviews...

Tags

Be the first.

Similar Items

Confirm this request

You may have already requested this item. Please select Ok if you would like to proceed with this request anyway.

Linked Data


<http://www.worldcat.org/oclc/57118105>
library:oclcnum"57118105"
owl:sameAs<info:oclcnum/57118105>
rdf:typej.1:Web_document
rdf:typeschema:MediaObject
rdf:typeschema:Article
schema:contributor
schema:contributor
schema:contributor
schema:contributor
schema:contributor
schema:datePublished"2003"
schema:description"As neoplasias da glândula parótida constituem um grupo heterogêneo com mais de 30 tipos histológicos definidos, sendo o adenoma pleomórfico o tumor benigno mais comum. OBJETIVO: Neste trabalho apresentamos uma casuística de adenoma pleomórfico de glândula parótida, com o objetivo de discutir a apresentação clínica, o diagnóstico e as técnicas cirúrgicas mais adequadas no tratamento desta doença. MATERIAL E MÉTODO: Foi realizado estudo clínico retrospectivo de um grupo de 68 pacientes com diagnóstico histopatológico de adenoma pleomórfico de glândula parótida, operados no Serviço de Otorrinolaringologia do HSPE-FMO, de janeiro de 1982 a junho de 2002. Foram colhidos os dados referentes a idade, sexo, sintomas mais freqüentes, exames complementares, localização, tamanho, técnica cirúrgica empregada, complicações do tratamento e evolução. RESULTADOS: Nesta casuística observamos maior incidência no sexo feminino, e mais freqüente na 5a. década de vida. A apresentação clínica mais comum foi nódulo na região parotídea, sendo este sinal presente em 100% dos casos. A parotidectomia superficial com identificação e preservação do nervo facial foi a cirurgia mais realizada (91,2% dos casos). As complicações pós-operatórias mais freqüentes foram paresia (14,7%) e paralisia (7,3%) do nervo facial, seguida da síndrome de Frey (4,4%). CONCLUSÃO: O adenoma pleomórfico é a neoplasia benigna mais comum na glândula parótida, sendo mais freqüente no sexo feminino, a partir da 5a. década de vida. É uma neoplasia de diagnóstico clínico, com confirmação a partir do exame histopatológico. A parotidectomia superficial é procedimento mínimo para o diagnóstico e terapêutica, sendo baixa a taxa de recidiva com esta cirurgia."
schema:exampleOfWork<http://worldcat.org/entity/work/id/58147463>
schema:genre"Journal article."
schema:inLanguage"pt"
schema:name"Adenoma pleomórfico de parótida: aspectos clínicos, diagnósticos e terapêuticos"
schema:url
schema:url<http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci%5Farttext&pid=S0034-72992003000400008>

Content-negotiable representations

Close Window

Please sign in to WorldCat 

Don't have an account? You can easily create a free account.