skip to content
Tratamento cirurgico da pseudartrose do escafoide com enxerto osseo vascularizado da extremidade dorsal e distal do radio, baseado na arteria supra-retinacular intercompartimental 1,2.
ClosePreview this item
Checking...

Tratamento cirurgico da pseudartrose do escafoide com enxerto osseo vascularizado da extremidade dorsal e distal do radio, baseado na arteria supra-retinacular intercompartimental 1,2.

Author: Fabio Augusto Caporrino; Flavio Faloppa; Joao Batista Gomes dos Santos Santos; Luis Renato Nakachima; Walter Manna Albertoni
Edition/Format:   Article : Portuguese
Publication:Revista brasileira de ortopedia, Vol.38, no.9 (set. 2003) p.522-533
Database:WorldCat
Summary:
Os autores apresentam estudo prospectivo de 29 pacientes portadores de pseudartrose do escafoide, tratados pela tecnica descrita por Zaidemberg et al., com tempo de seguimento medio de 15 meses. As cirurgias foram realizadas em sete pseudartroses do terco proximal, 16 do terco medio e uma do terco distal. Um enxerto osseo vascularizado da extremidade dorsal do radio, baseado na arteria supra-retinacular  Read more...
Rating:

(not yet rated) 0 with reviews - Be the first.

Subjects
More like this

 

&AllPage.SpinnerRetrieving;

Find a copy in the library

&AllPage.SpinnerRetrieving; Finding libraries that hold this item...

Details

Document Type: Article
All Authors / Contributors: Fabio Augusto Caporrino; Flavio Faloppa; Joao Batista Gomes dos Santos Santos; Luis Renato Nakachima; Walter Manna Albertoni
ISSN:0102-3616
OCLC Number: 70032325

Abstract:

Os autores apresentam estudo prospectivo de 29 pacientes portadores de pseudartrose do escafoide, tratados pela tecnica descrita por Zaidemberg et al., com tempo de seguimento medio de 15 meses. As cirurgias foram realizadas em sete pseudartroses do terco proximal, 16 do terco medio e uma do terco distal. Um enxerto osseo vascularizado da extremidade dorsal do radio, baseado na arteria supra-retinacular intercompartimental 1, 2, foi interposto no foco da pseudartrose do escafoide, previamente preparado e fixado com um ou dois fios de Kirschner. Realizou-se avaliacao clinica e radiografica, em que se observou a consolidacao da pseudartrose em 93 por cento dos casos, com tempo medio de 46 dias. Houve melhora da dor em todos os casos; a forca de preensao palmar em relacao ao lado contralateral melhorou significativamente de 64 por cento para 79 por cento. Nao foi obtida melhora significante da mobilidade articular do punho, tanto para a flexao-extensao quanto para os desvios radial e ulnar. A cirurgia propiciou retorno ao trabalho previo em 90 por cento dos pacientes, em tempo medio de 19 semanas. Houve uma complicacao pos-operatoria, que foi uma infeccao da pele no trajeto do fio metalico de fixacao. Os resultados foram satisfatorios em 86 por cento dos pacientes segundo os criterios de Cooney et al. (1987).(AU).

Reviews

User-contributed reviews
Retrieving GoodReads reviews...
Retrieving DOGObooks reviews...

Tags

Be the first.
Confirm this request

You may have already requested this item. Please select Ok if you would like to proceed with this request anyway.

Linked Data


<http://www.worldcat.org/oclc/70032325>
library:oclcnum"70032325"
rdf:typeschema:Article
schema:about
schema:about
schema:about
schema:about
schema:about
schema:about
schema:about
schema:contributor
schema:contributor
schema:contributor
schema:contributor
schema:creator
schema:datePublished"2003"
schema:description"Os autores apresentam estudo prospectivo de 29 pacientes portadores de pseudartrose do escafoide, tratados pela tecnica descrita por Zaidemberg et al., com tempo de seguimento medio de 15 meses. As cirurgias foram realizadas em sete pseudartroses do terco proximal, 16 do terco medio e uma do terco distal. Um enxerto osseo vascularizado da extremidade dorsal do radio, baseado na arteria supra-retinacular intercompartimental 1, 2, foi interposto no foco da pseudartrose do escafoide, previamente preparado e fixado com um ou dois fios de Kirschner. Realizou-se avaliacao clinica e radiografica, em que se observou a consolidacao da pseudartrose em 93 por cento dos casos, com tempo medio de 46 dias. Houve melhora da dor em todos os casos; a forca de preensao palmar em relacao ao lado contralateral melhorou significativamente de 64 por cento para 79 por cento. Nao foi obtida melhora significante da mobilidade articular do punho, tanto para a flexao-extensao quanto para os desvios radial e ulnar. A cirurgia propiciou retorno ao trabalho previo em 90 por cento dos pacientes, em tempo medio de 19 semanas. Houve uma complicacao pos-operatoria, que foi uma infeccao da pele no trajeto do fio metalico de fixacao. Os resultados foram satisfatorios em 86 por cento dos pacientes segundo os criterios de Cooney et al. (1987).(AU)."@pt
schema:exampleOfWork<http://worldcat.org/entity/work/id/53701543>
schema:inLanguage"pt"
schema:isPartOf
schema:name"Tratamento cirurgico da pseudartrose do escafoide com enxerto osseo vascularizado da extremidade dorsal e distal do radio, baseado na arteria supra-retinacular intercompartimental 1,2."@pt
schema:pagination"Vol.38, no.9 (set. 2003) p.522-533"
wdrs:describedby

Content-negotiable representations

Close Window

Please sign in to WorldCat 

Don't have an account? You can easily create a free account.